29/08/2019 às 12h32min - Atualizada em 21/09/2019 às 12h32min

Prefeito faz balanço e destaca estabilidade financeira

Apenas 10% dos municípios mineiros estão em com contas em dia

Pedro Cunha
Vânia Marques
O prefeito de Botelhos, Eduardo Oliveira, faz um balanço dos 2,5 anos à frente do Governo Municipal, destacando a estabilidade econômica como ponto forte do seu mandato, mesmo com a crise financeira que afeta inúmeras prefeituras brasileiras. “Completamos 108 anos bem, estabilizado, no início do nosso mandato fizemos uma leitura correta do cenário econômico, onde muita gente criticava, mas vimos que foi correta, com vários investimentos com recursos próprios e saldo positivo, como apontou o estudo feito pela Associação de Municípios Mineiros (AMM), apresentado no final de 2018, afirmando que apenas 10% dos municípios mineiros fecharam o ano com suas contas em dia, e que Botelhos estava entre estes municípios “, afirma.
O prefeito Eduardo também destaca a revisão do plano de cargos e carreiras dos servidores municipais, que há tempos, aguardavam por esta iniciativa e que alguns estavam descontentes com a situação chegando a ingressar, junto à justiça, para que fosse feita esta revisão, acatada pelo Ministério Público Municipal, que também cobrava providências.  O projeto de revisão está na Câmara de Vereadores para análise.

Na Educação, o prefeito informa que o município avançou positivamente com a aquisição do prédio da Escola Estadual Ernesto Santiago, cedida pelo Estado ao município, melhorando assim, a qualidade de ensino dos anos iniciais. Em relação às creches municipais, já está em fase de licitação à construção de mais uma creche, com recursos próprios, ao lado do Clube Operário de Botelhos, com capacidade para atender cerca de 70 crianças, diminuindo, aos poucos, a fila por vagas no município.

Em relação ao Sistema de Saúde Municipal, o prefeito conta que houve um avanço em relação às cirurgias eletivas, que foram praticamente zeradas no município, exames são feitos com fluidez, a Fundação São José, com repasse em dia, por parte da Prefeitura, para o hospital, com valor por volta de R$ 200 mil mês, a abertura de mais dois  “Estratégia Saúde da Família” (ESF), cobrindo quase que cem por cento da demanda do município. “Hoje, é obrigatório se investir 15% do orçamento na Saúde, em 2018, a Prefeitura investiu 31%, chegando a quase R$12 milhões ao ano.

Nas atividades econômicas do município, Eduardo destaca a importância do Meio Rural, que sempre foi o grande gerador de empregos e fonte de arrecadação. Ele conta que a Prefeitura está investindo na qualificação técnica de profissionais que auxiliem os produtores em diversas áreas, qualificação profissional e cursos na preparO prefeito de Botelhos, Eduardo Oliveira, faz um balanço dos 2,5 anos à frente do Governo Municipal, destacando a estabilidade econômica como ponto forte do seu mandato, mesmo com a crise financeira que afeta inúmeras prefeituras brasileiras. “Completamos 108 anos bem, estabilizado, no início do nosso mandato fizemos uma leitura correta do cenário econômico, onde muita gente criticava, mas vimos que foi correta, com vários investimentos com recursos próprios e saldo positivo, como apontou o estudo feito pela Associação de Municípios Mineiros (AMM), apresentado no final de 2018, afirmando que apenas 10% dos municípios mineiros fecharam o ano com suas contas em dia, e que Botelhos estava entre estes municípios “, afirma.
O prefeito Eduardo também destaca a revisão do plano de cargos e carreiras dos servidores municipais, que há tempos, aguardavam por esta iniciativa e que alguns estavam descontentes com a situação chegando a ingressar, junto à justiça, para que fosse feita esta revisão, acatada pelo Ministério Público Municipal, que também cobrava providências.  O projeto de revisão está na Câmara de Vereadores para análise.

Na Educação, o prefeito informa que o município avançou positivamente com a aquisição do prédio da Escola Estadual Ernesto Santiago, cedida pelo Estado ao município, melhorando assim, a qualidade de ensino dos anos iniciais. Em relação às creches municipais, já está em fase de licitação à construção de mais uma creche, com recursos próprios, ao lado do Clube Operário de Botelhos, com capacidade para atender cerca de 70 crianças, diminuindo, aos poucos, a fila por vagas no município.

Em relação ao Sistema de Saúde Municipal, o prefeito conta que houve um avanço em relação às cirurgias eletivas, que foram praticamente zeradas no município, exames são feitos com fluidez, a Fundação São José, com repasse em dia, por parte da Prefeitura, para o hospital, com valor por volta de R$ 200 mil mês, a abertura de mais dois  “Estratégia Saúde da Família” (ESF), cobrindo quase que cem por cento da demanda do município. “Hoje, é obrigatório se investir 15% do orçamento na Saúde, em 2018, a Prefeitura investiu 31%, chegando a quase R$12 milhões ao ano.

Nas atividades econômicas do município, Eduardo destaca a importância do Meio Rural, que sempre foi o grande gerador de empregos e fonte de arrecadação. Ele conta que a Prefeitura está investindo na qualificação técnica de profissionais que auxiliem os produtores em diversas áreas, qualificação profissional e cursos na preparação para o mercado de trabalho, através de parcerias com Senac  e Instituto Federal , apoio às Associações, são importantes para o desenvolvimento local. Em relação ao Distrito Industrial, já está em fase final a regulamentação daquele espaço, e que, em dois meses, após uma análise de um conselho municipal, irá avaliar as propostas e o perfil de empresa que já encaminharam  projetos  para instalação de serviços no Distrito Industrial.
Na área da Segurança Pública, o prefeito aponta que a vinda da 242ª Companhia da Policia Militar para Botelhos, foi um grande ganho para o município. “Em 2018, Botelhos foi destaque dentre as quase 50 cidades em compõem a 18º Região da PM de Minas Gerais, recebendo homenagem pelo desempenho e modelo em segurança pública. Além disso, desde julho, Botelhos passou a ser monitorada por 22 câmeras de segurança instaladas em pontos estratégicos do município, com todo o sistema elaborado através de uma parceria entre Prefeitura Municipal, comerciantes locais e Polícia Militar.

No campo do entretenimento, a Prefeitura apresentou um projeto para a viabilização do Parque Municipal, que já foi encaminhado à Câmara dos Vereadores para analise e suplementação orçamentária.  Segundo ele, Botelhos vem investindo, ao contrário de outros municípios, na criação novos projetos esportivos, participação em campeonatos em diversas modalidades, incentivo aos programas propostos pela Casa da Cultura, além da viabilização de wifi gratuito nas praças de Botelhos e dos distritos.

De acordo com o prefeito, no sistema habitacional, a população também foi beneficiada com a liberação dos terrenos no Jardim Bela Vista, que, por 12 anos, estavam inviabilizados por falta de documentação regular. E também, o cadastramento de 1.6 mil pessoas que irão participar do processo de contemplação de terrenos, pertencentes ao Município, e que serão doados às famílias carentes.
Para finalizar, Eduardo Oliveira ressalta a pavimentação da via de acesso ao Cristo Redentor, local de Turismo do Município, e a reforma da parte estrutural e pintura do monumento.  Ele também confirma que, após termino da reforma, a Prefeitura abrirá um processo licitatório para empresas que queiram e incentivar o turismo no local, com restaurante, lanchonete e preservação da área de lazer.
ação para o mercado de trabalho, através de parcerias com Senac  e Instituto Federal , apoio às Associações, são importantes para o desenvolvimento local. Em relação ao Distrito Industrial, já está em fase final a regulamentação daquele espaço, e que, em dois meses, após uma análise de um conselho municipal, irá avaliar as propostas e o perfil de empresa que já encaminharam  projetos  para instalação de serviços no Distrito Industrial.

Na área da Segurança Pública, o prefeito aponta que a vinda da 242ª Companhia da Policia Militar para Botelhos, foi um grande ganho para o município. “Em 2018, Botelhos foi destaque dentre as quase 50 cidades em compõem a 18º Região da PM de Minas Gerais, recebendo homenagem pelo desempenho e modelo em segurança pública. Além disso, desde julho, Botelhos passou a ser monitorada por 22 câmeras de segurança instaladas em pontos estratégicos do município, com todo o sistema elaborado através de uma parceria entre Prefeitura Municipal, comerciantes locais e Polícia Militar.

No campo do entretenimento, a Prefeitura apresentou um projeto para a viabilização do Parque Municipal, que já foi encaminhado à Câmara dos Vereadores para analise e suplementação orçamentária.  Segundo ele, Botelhos vem investindo, ao contrário de outros municípios, na criação novos projetos esportivos, participação em campeonatos em diversas modalidades, incentivo aos programas propostos pela Casa da Cultura, além da viabilização de wifi gratuito nas praças de Botelhos e dos distritos.

De acordo com o prefeito, no sistema habitacional, a população também foi beneficiada com a liberação dos terrenos no Jardim Bela Vista, que, por 12 anos, estavam inviabilizados por falta de documentação regular. E também, o cadastramento de 1.6 mil pessoas que irão participar do processo de contemplação de terrenos, pertencentes ao Município, e que serão doados às famílias carentes.
Para finalizar, Eduardo Oliveira ressalta a pavimentação da via de acesso ao Cristo Redentor, local de Turismo do Município, e a reforma da parte estrutural e pintura do monumento.  Ele também confirma que, após termino da reforma, a Prefeitura abrirá um processo licitatório para empresas que queiram e incentivar o turismo no local, com restaurante, lanchonete e preservação da área de lazer.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »